ocaminhointerior

7
fev

Em que momento você “entrega para Deus?”

Olá caminhantes, Como vai a escrita? Por aqui ela anda acelerada. Ando escrevendo bastante, e cada dia parece que escrevo mais. Isso significa que estou me conectando durante a escrita? Mais ou menos. Quando os dias estão corridos, cheios de prazos e cobranças, sinto que essa “conexão” morre. Escrevo no piloto automático, e assim segue a vida. Mas conexão com quem,

Read more

9
nov

a magia das cartas

Queridos Caminhantes, “É mágica a forma como as palavras, dispostas em uma ordem particular, saídas do coração, percorram veias e desçam até as pontas dos dedos tendo como destino outra pessoa”. É assim que a reportagem do The Guardian começa: encantando. Há muito sou fascinada por cartas. O hábito que elas criam; a proximidade que causam; o afeto envolvido em

Read more

24
out

Por que andamos tão sem autoestima?

Olá, caminhantes Hoje o papo é sobre corpo. Você reconhece os sintomas porque já se sentiu assim: você se olha no espelho e não gosta do que vê. Acha-se feia(o) porque é gorda(o), alta(o), magra(o), baixa(o), tem nariz adunco, tem nariz pequeno, tem rosto bolachudo, tem rosto encovado, tem cabelo cheio, tem cabelo ralo, tem coxa grossa, coxa fina, etc etc

Read more

9
ago

“Vive La Résistance!”

Olá, caminhantes   Depois de quase dois meses sumida, estou de volta. Foi um período de luto e adequação a um mundo sem a presença do meu pai, que faleceu no dia 22 de junho. Curiosamente, não senti vontade de escrever sobre ele – embora eu pense muito nele. Por uma semana eu não fiz nada, só investiguei o que

Read more

22
jun

Essa carta é para você: “Desabo ou Desabafo”

Caminhantes, Essa foi a primeira carta que recebi desde que anunciei nas minhas redes que escreveria de volta para aqueles que precisam de uma palavra de apoio. A intenção era ajudar, mesmo. Tentar aliviar um pouquinho a dor do mundo, usando aquilo que eu sei usar: as palavras.  A carta dessa pessoa, que chamarei de “Amigo sem Norte ” (por

Read more

19
jun

Essa carta é pra você

Olá Caminhantes, Não sei se ouviram sobre a ameaça de ataque ao campus da UFES, em Vitória – ES. Frente ao que ouvi, deixo aqui algumas palavras. Ameaças de morte a tiros onde estudei por tantos anos deveriam chacoalhar meu chão, mas causaram só profunda tristeza. É a passagem ao ato do que paira em metáforas, no ar, há algum tempo:

Read more

29
maio

A escrita que surge da dor

Olá caminhantes! O papo de hoje é sobre como a escrita pode curar a dor. Para isso vou contar rapidinho uma história. Quando o casamento de James começou a mostrar sinais de desgaste, ele entrou em depressão. Perdeu a vontade de viver e socializar, chegou a pensar em abrir mão do casamento e desistir. Após um mês sofrendo, ele decidiu

Read more

15
maio

A escrita que vem de nossas histórias

Olá, caminhantes! Quando comecei a estudar narrativas de vida, lá pelos idos de 2011, fiquei espantada com a importância das histórias para a nossa vida. Não apenas com o fato de que somos “programados de fábrica” para entender o mundo através delas, mas também a forma como criamos histórias até onde elas não existiam. Também me fascinou saber que havia dois

Read more

8
maio

A escrita que vem de onde os sonhos vêm

Olá Caminhantes! Venho trabalhando em um caderno de exercícios de escrita terapêutica, e percebi que a maioria dos exercícios pede que a gente reflita. Que a gente pense, e faça uso de nossos recursos cognitivos para alcançar a cura. Pensando a respeito disso, senti que precisava reformular a explicação do que faz uma escrita ser terapêutica. Concluí, nos últimos tempos, que

Read more

1
maio

A escrita que vem do corpo

Olá outra vez, caminhantes! Hoje minha conversa não será com você (você-mente, você-consciência, você dono da cobertura que rege todo o resto que chama de “eu”). Hoje minha conversa é com o seu corpo. Portanto, leia esse post como se eu falasse com suas mãos, suas pernas, sua barriga, seu pescoço ou suas costas. Deixe que eles recebam essa mensagem.

Read more