Inspiração

10
abr

O módulo inicial: Processo

Olá, Caminhantes, Essa semana começo uma série de posts em que explico como podemos escrever de forma terapêutica (acredite, nem toda escrita traz resultados), e o que você pode esperar do curso online que já está no ar, aqui) Pra começar, vamos lá para o começo, que é de onde todas as coisas partem. O Processo Gosto de repetir uma

Read more

25
dez

2019, o ano dos sonhadores

Olá caminhantes, como vão? Foi um ano intenso, esse, não foi? Assistimos entristecidos o país se tornar uma praça de guerra, e brigar por coisas que deveriam (para o nosso próprio bem) nos unir. Vimos mortes demais – mais do que deveríamos – e assistimos em choque à escalada de violência. Olhar para fora, para o além-muro de nossas fronteiras

Read more

1
maio

As histórias que nos acham – e por que precisamos ser achados por elas

Olá, caminhantes! Eu sei, há tempos não escrevo por aqui. Não é por mal, é que ando escrevendo e lendo muito fora daqui. E hoje acordei com vontade de contar as boas novas, então aí vai: vamos ter curso de escrita terapêutica online! (pra quem não sabe, dou o curso presencial sobre escrita terapêutica na cidade de Vitória!). Dizem que

Read more

20
dez

Passo 6/12: Recuperando a humildade

Oi, Caminhantes, o post hoje é sobre humildade. Ele me deixou bem pensativa, e espero que deixe você também. Frequentemente me pergunto em que momento a humildade deixou de ser uma virtude. Tenho às vezes a impressão de estar passeando (na vida, nas mídias, em todo lugar) em meio a um jardim de egos, caminhando com prudência para não pisar

Read more

20
nov

Cartas para ‘Deus’: conectando-se à sua voz interior

Querido(a) Leitor(a), Não sei quanto a você, mas eu sempre fui muito conectada ao meu interior. Sempre gostei de entender por que reagia a comentários de certo jeito, por que me entristecia com algumas situações, por que outras me deixavam tão eufórica ou resignada. Eu queria entender. Saber o que causava, e tirar desse momento de descoberta algum aprendizado. Não

Read more

13
nov

A tristeza da perda e o coração em uma garrafa

Acompanhando como sempre a delicada escrita do Brainpickings, deparei-me com uma (das muitas) reflexões de Maria Popova sobre livros infantis. Esses são sempre os meus preferidos. Existe alguma coisa nesses posts que aquece o coração. Talvez a forma delicada com que ela aborde as histórias, e conecte o desenho às palavras (ou à falta delas), e ambos a uma nostalgia

Read more

6
nov

Pergunte àquela parte sua que sabe: ela te responderá

Existe uma parte sua que sabe a resposta para todas as suas perguntas. Qualquer coisa que você perguntar, ela saberá responder. Se suas escolhas foram acertadas, se você chegará onde quer chegar, se o caminho que escolheu foi errado. A primeira reação é questionar se temos mesmo esse poder. Se soubéssemos  as respostas, não agiríamos melhor do que estamos agindo?

Read more

31
out

Carta para o meu Eu pós -parto: o que eu adoraria que você soubesse

Essa carta foi inspirada por uma tirinha que chegou anexada a um e-mail do elephantjournal. O Elephant é um site que trata de tudo um pouco, dá ótimas dicas de como adquirir bons hábitos e traz vez ou outra imagens maravilhosas. No e-mail de hoje, veio uma imagem que mexeu muito comigo. Tive um pós parto terrível, angustiante e triste.

Read more

8
jun

Palavras Curam

  As palavras curam.   É estranho pensar na vida em letras – que elas, tão pequenas, tenham o poder de curar – assim como é estranho imaginar que o que procuramos lá fora está tão perto, escondido dentro de nós. Mas está. E somos nós quem tem a chave na mão, e essa chave é feita de palavras. São

Read more